Literatura

À CONVERSA COM RITA CRUZ E PEDRO ESTORNINHO

A Universidade Popular do Porto estará "À Conversa com Escritores" na quinta-feira, dia 9 de Dezembro, às 18.00h, tendo como convidados os jovens escritores Rita Cruz e Pedro Estorninho.

Nesta conversa, que visa conhecer os autores e as suas obras, o interlocutor será o professor e escritor José António Gomes.

A participação é livre e pode ser feita presencialmente na UPP ou por videoconferência, mediante inscriçao prévia.

Inscreva-se com envio de email para secretaria@upp.pt, indicando opção por participação presencial ou por videoconferência.

RITA CRUZ estreia-se como escritora com o romance No País do Silêncio em 2021. Natural da Guarda, trabalhou durante vários anos na área dos Direitos Humanos e ajuda humanitária na Colômbia, Afeganistão e Sri Lanka. Depois de concluir formação como fisioterapeuta passou pela Finlândia, Moçambique, Austrália e atualmente vive na Malásia. Escreveu a rubrica Nós lá fora na revista Visão e tem um blog pessoal www.ritacruz.org

PEDRO ESTORNINHO é actor, encenador, dramaturgo e escritor. Desde 1995 trabalhou em companhias e espaços de criação nacionais e estrangeiros, a Barraca, Teatro da Trindade, Companhias de Teatro de Sintra e de Portel, Panmixia, Satyros (Brasil), Teatro Comunale Benevento (Itália), Theatre Repetition (França), entre outros. Encenou e escreveu para Companhia de Teatro de Sintra,Art'Imagem, Companhia de Teatro de Portel, Festival de Artes de Monsaraz Museu Aberto, Protolab, Theatre Repetition,Teatro Bocage, CriArTeatro (Cabo-Verde), entre outros. É director artístico da companhia TEatroensaio e responsável pela revista Ensaios de Teatro. Como escritor publicou de 2019 a 2021 as obras Das Origens, Princípio do Corpo e Memórias do Realismo Mágico.

Data: 
Quinta, Dezembro 9, 2021 - 18:00

À CONVERSA COM VALTER HUGO MÃE, NA UPP

Na terça-feira, 09 de novembro de 2021, às 18,00 horas, na iniciativa “A Universidade Popular do Porto à conversa com escritores”, o convidado é Valter Hugo Mãe.

Nesta conversa, que visa conhecer o autor e a sua obra e que poderá ser participada por presença na UPP e por videoconferência, o interlocutor será o professor Mário David Soares.

A participação é livre, sujeita a inscriçao prévia.

Inscreva-se com envio de email para secretaria@upp.pt, indicando opção por participação presencial ou por videoconferência.

VALTER HUGO MÃE - 1971
É um dos mais destacados autores portugueses da atualidade. A sua obra está traduzida em variadíssimas línguas. Publicou sete romances, tendo ganho com “A máquina de fazer espanhóis" os Grandes Prémios Portugal Telecom para o melhor livro do ano e para o melhor romance do ano. Com o livro “O remorso de Baltazar Serapião” ganhou o Prémio Literário José Saramago. Ganhou também o Grande Prémio de Romance e Novela de 2020 da APE com a obra “Contra mim”. Escreveu alguns livros para todas as idades e dezena e meia de títulos de poesia encontrando-se esta reunida num só volume. Tem publicado crónicas em revistas e jornais. Como editor, fundou a Qual, a Objeto Cardiaco e co-dirigiu a revista Apeadeiro. Além destas atividades tem-se dedicado à música como letrista e vocalista, às artes plásticas e à televisão.
O seu mais recente romance intitula-se “As doenças do Brasil”.

Ficheiros: 
Data: 
Terça, Novembro 9, 2021 - 18:00

Neorrealismo – releituras e atualidade, com Domingos Lobo

Assinalando os 80 anos da primeira edição de Esteiros, de Soeiro Pereira Gomes, a Universidade Popular do Porto promove na quinta-feira, 28 de outubro 2021, às18,00 horas, uma conferência sobre "Neorrealismo – releituras e atualidade", com Domingos Lobo.

Domingos Lobo, que é autor do livro “Origens e Derivações do Neo-Realismo Literário Português – Percursos de Leitura”, é crítico literário, escritor, poeta, ator, diseur, encenador e foi jornalista e programador cultural.

A sessão será presencial com transmissão por videoconferência.

Faça a sua inscrição prévia com envio de email para secretaria@upp.pt

Data: 
Sexta, Outubro 29, 2021 - 18:00

Evocação dos 100 anos do nascimento de Carlos Oliveira

Evocando o centenário do nascimento de Carlos Oliveira, a Universidade Popular do Porto promove uma homenagem a tão importante poeta e escritor do neorrealismo português com duas sessões:

■ Sexta-feira, 22 outubro ■ 21.30h
“Uma abelha na chuva”, filme de Fernando Lopes
Percurso biográfico de Carlos Oliveira e debate com Mário David Soares

■ Sábado, 23 outubro ■ 15.00h
CONFERÊNCIA-DEBATE
“A obra literária de Carlos Oliveira” com José António Gomes
Leitura de poemas
Audição de música com poesia do autor

CARLOS DE OLIVEIRA nasceu em Belém, Brasil, em 1921, e morreu em Lisboa, em 1981. A família fixa-se na região da Gândara que marcará para sempre quer a sua poesia (hoje reunida em Trabalho Poético) quer os seus romances - Casa na Duna (1943), Alcateia (1944), Pequenos Burgueses (1948) Uma Abelha na Chuva (1953, adaptado ao cinema por Fernando Lopes, em 1972) e ainda Finisterra: paisagem e povoamento (1978). O Aprendiz de Feiticeiro (1971) reúne textos situáveis entre a crónica e o ensaio. Ocupa um lugar central no neorrealismo português, mas a evolução e depuração da sua escrita torna-a muito influente na literatura contemporânea. Poemas seus foram musicados por Lopes-Graça, Luís Cília, Manuel Freire e os Trovante. É considerado um dos mais relevantes escritores portugueses do século XX.

(Consulte o folheto anexo com mais informação sobre o autor)

As duas sessões serão presenciais, na sede da UPP, e transmitidas por vídeoconferencia.

INSCREVA-SE PREVIAMENTE COM ENVIO DE EMAIL PARA secretaria@upp.pt

UPP – UNIVERSIDADE POPULAR DO PORTO
Rua da Boavista, 736 ■ 4050-105 PORTO
T 226098641 ■ 963874167 ■ secretaria@upp.pt
www.upp.ptwww.facebook.com/UniversidadePopulardoPorto
Metro: Carolina Michaelis

Ficheiros: 
Data: 
Sexta, Outubro 22, 2021 - 20:00

Lançamento do livro da UNICEPE "AQUILINO NO FEMININO", de MANUEL DE LIMA BASTOS

Numa iniciativa da UNICEPE - Cooperativa Livreira de Estudantes do Porto, em colaboração com a UPP, no sábado 18 de setembro de 2021, às 16h00, será lançado no jardim da Universidade Popular do Porto – na Rua da Boavista, 736, o livro AQUILINO NO FEMININO, de MANUEL DE LIMA BASTOS, numa edição da própria UNICEPE.

Esta sessão incluirá 6 peças musicais interpretadas por professores do Conservatório de Ferreirim, Sernancelhe.

O programa será o seguinte:

1. Peças musicais:
a. Acorda, meu bem, acorda
b. Aldininha

2. Apresentação do livro por José Manuel Mendes, professor, escritor, presidente da Associação Portuguesa de Escritores.

3. Peças musicais:
c. Querida amada, eu vou partir
d. A Dona Infanta

4. Palavras do Autor

5. Peças musicais:
e.Gerinaldo
f. Ceguinho

6. Encerramento pelo presidente da Universidade Popular do Porto, Sérgio Vinagre.

Os professores executantes são:
- Voz e Guitarra: Marcos Alvim
- Violino: Luís Peres
- Flauta: Rúben Henriques
- Saxofone: David Rodrigues
- Trompa: Manuel Azevedo
- Trompete: Nuno Bastos
- Trombone: Tiago Mendes
- Euphonium: Álvaro Silva

ENTRADA LIVRE. COMPAREÇA

Data: 
Sábado, Setembro 18, 2021 - 16:00

VIDEOCONFERÊNCIA "À CONVERSA COM MIGUEL MIRANDA"

No dia 8 de Julho, quinta-feira, às 18H00, na iniciativa "A Universidade Popular do Porto à conversa com escritores", é convidado o escritor Miguel Miranda.
Nesta conversa, que visa conhecer o autor e a sua obra, o interlocutor será o professor Mário David Soares.

A participação nesta videoconferência é livre, com inscrição prévia por email para upp.secretaria@gmail.com

MIGUEL MIRANDA, médico nascido no Porto, reparte a sua profícua atividade literária pelo romance, em especial pelos policiais, pelo conto e também por obras de literatura infanto-juvenil.

Em 1992, com a publicação de “O Complexo do Sotavento”, iniciou a carreira literária, tendo recebido diversas distinções: o Grande Prémio do Conto da Associação Portuguesa de Escritores em 1996, pelo livro Contos à Moda do Porto; o Prémio Caminho de Literatura Policial em 1997, pelo livro O Estranho Caso do Cadáver Sorridente; o Prémio Fialho de Almeida SOPEAM em 2011 e 2013 com os livros A Maldição do Louva-a-Deus e Todas as Cores do Vento.

Foi finalista do prémio PEN de Narrativa em 2012 e finalista do Prémio Violeta Negra de Literatura Policial 2014 do Festival Literário de Toulouse. Está traduzido em Itália e França e representado em diversas coletâneas.

O último policial publicado, “Sete Janelas com Vista para a Morte”, faz regressar Mário França, o maior detetive do mundo, com escritório no Porto, ícone na literatura policial portuguesa.

Data: 
Quinta, Julho 8, 2021 - 18:00

À CONVERSA COM RITA TABORDA DUARTE - VIDEOCONFERÊNCIA, 8 ABRIL

"A Universidade Popular do Porto à conversa com escritores" terá como convidada no dia 8 de Abril, quinta-feira, às 18H00, a escritora Rita Taborda Duarte. Nesta conversa, que visa conhecer a autora e a sua obra, o interlocutor será o também escritor e crítico literário José António Gomes.

A participação é livre, ainda que sujeita a inscrição prévia com envio de email para upp.secretaria@gmail.com

Rita Taborda Duarte, escritora, crítica literária e professora na Escola Superior de Comunicação Social do Instituto Politécnico de Lisboa, nasceu em Lisboa, em 1973. O seu magnífico livro de poemas ilustrado As Orelhas de Karenin (Abysmo, 2019) foi finalista do Prémio Correntes d’Escritas 2021; publicou ainda Elogio do Outono (Homem do Saco, 2014), Roturas e Ligamentos (Abysmo, 2015) e outros volumes de uma poesia extremamente pessoal, em que se projeta a condição da mulher na sua relação com o outro, com o mundo, e se reflete sobre a própria escrita.

A Verdadeira História de Alice (Caminho, 2004), prémio Branquinho da Fonseca Expresso/Gulbenkian, foi apenas o primeiro de uma assinalável série de títulos de excelente qualidade, no campo da literatura para a infância e a juventude, livro selecionado para o Plano Nacional de Leitura tal como outros que publicou. Destaquem-se os últimos: O Leão sem Juba, o Elefante sem Tromba e a Casa sem Telhado (Caminho, 2020), Um Hotel de Imensas Estrelas (FEC, 2019) e Animais e Animenos e outros bichos mais pequenos (Caminho, 2017). Um conjunto em que o humor marca presença e em que se aborda o crescimento, a socialização, a superação dos medos, impondo a autora como uma das vozes mais originais, em Portugal, nesta área da criação.

Ficheiros: 
Data: 
Quinta, Abril 8, 2021 - 18:00

Páginas

Subscribe to RSS - Literatura